AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.2 min

PUBLICADO EM

14/01/2022

A nova onda da pandemia causada pela variante Ômicron tem ocasionado cancelamento de voos por causa da infecção de profissionais da aviação e pessoal que trabalha no solo e, também, de passageiros com receio de contaminação. Mas Rodrigo Goes, um engenheiro que tem mais de oito anos de experiência com milhas e já visitou mais de quarenta países, acredita que este é o momento é ideal para acumular mais milhas e garantir pontos para aproveitar as promoções que devem surgir com a normalização das viagens.

Ele diz que com o aumento do consumo online, hábito que cresceu principalmente no início da pandemia, é hora de aprender como tirar proveito e acumular mais milhas sem precisar gastar mais com isso. Rodrigo dá três dicas:

Transferir pontos somente com ganho de bônus: este é o primeiro passo para quem deseja acumular mais, gastando menos. A maioria das pessoas ao transferir os pontos do cartão de crédito para os programas de fidelidade não se atentam às promoções e fazem a troca no 1 para 1. Porém, segundo o especialista, você só deve transferir se houver ganho de milhas bônus “Promoções como essas ocorrem mensalmente, pois os programas precisam convencer o cliente a transferir o que acumulou no cartão. Existem promoções de 60, 80 e até 100% de ganho do que está transferindo, fique de olho”, alerta.

Pagar os boletos do dia a dia com aplicativos estratégicos: Para potencializar seu acúmulo comum, Rodrigo sugere utilizar aplicativos para o pagamento dos boletos (inclusive as contas fixas), como o Ame Digital, Mercado Pago e RecargaPay. Assim você paga com o cartão de crédito e acumula mais milhas em um gasto que você já teria, mas não estava aproveitando.

Comprar de maneira estratégica: assim como você pesquisa o preço dos produtos antes de comprar, vale a pena criar um alerta para as promoções que incluem ganho de milhas. Assim você adquire o item que já estava na sua lista de compras e além do que ganharia por usar o cartão, acumula milhas bônus por comprar da promoções daquele site.

Rodrigo ensina que a regra é sempre incorporar o acúmulo no seu dia a dia e tirar da cabeça que só vale para quem e quando você viaja. “A maioria acha que só vai conseguir acumular milhas viajando, o que já mostramos acima que não é verdade, e que só vale fazer isso se viaja com frequência. Entretanto, as milhas podem ser usadas para comprar produtos e até vender para plataformas e fazer uma renda extra”, diz.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS