AUTOR

TEMPO DE LEITURA

3.6 min

PUBLICADO EM

14/01/2022

A primeira unidade da Barbarella Bakery fora de Porto Alegre foi inaugurada há pouco mais de um mês em Curitiba. A chef Ana Zita Klein, Engenharia de Alimentos formada pela Unisinos, abriu a primeira loja na capital gaúcha em 2002, mesmo ano que recebeu o Prêmio Engenheiro do Ano por seu estudo sobre as técnicas de fermentação natural; foi o primeiro prêmio para uma mulher.

Agora os curitibanos têm pãozinho quente e fresco a qualquer hora do dia na Barbarella Bakery na R. Comendador Araújo, ao lado do Shopping Crystal: são mais de vinte variedades de pães de fermentação natural sem aditivos ou qualquer mistura pronta. Das 8h às 22h, todos os dias.

Para isso, a chef Ana Zita Klein resgata a tradição do “pain au levain”, a receita natural que torna os preparos mais saudáveis e menos agressivos a quem possui de algum tipo de intolerância. Esta qualidade fez com que a Barbarella fosse premiada onze vezes como o melhor pão de Porto Alegre.

“A nossa receita é a mais tradicional possível, apenas com farinha, água, sal, fermento biológico e longos descansos. Esse é o segredo do melhor pão que os curitibanos agora têm o prazer de experimentar”, diz Ana Klein.

O segredo, de acordo com ela, é o que traz “complexidade, sabor e digestibilidade dos preparos”, como o tradicional francês, a baguetinha crocante, o croissant, os pães integrais com grãos, os mais diferenciados de aipim, milho, entre outros.

A Now Boarding provou e aprovou a qualidade do pães servidos na unidade curitibana.

Preparos na hora

Além dos pães frescos, a Barbarella Bakery oferece um amplo cardápio para qualquer hora do dia, desde o café da manhã até o jantar. São cerca de sessenta opções entre sanduíches, quiches, sopas, saladas e sobremesas.

São preparos como os tradicionais frios selecionados nos pães francês, baguetinha ou croissant, a baguete na tábua com pastas da casa, como manteiga temperada, frango rosé e sardela. Ou ainda nos molhos quentes scarpetta (carne de panela à italiana), fonduta de gorgonzola e cogumelos ao creme.

Há, ainda, os sanduíches especiais frios e quentes, como o Alaska, de cream cheese e carpaccio de salmão no bagel; a Barbarella, de queijo mozzarella gratinado com rosbife de filé e cebolas caramelizadas na baguete tradicional aberta; e o Mata Hari, da baguete viennoise com scarpetta queijo brie gratinado.

Entre as opções mais saudáveis, a linha Health & Comfort oferece o preparo vegano de Avocado Toast, com a torrada de pain au levain com a variedade do abacate temperada com molho de limão siciliano e cobertura de tomate cereja em cubos.

Por fim, entre as opções doces, o croissant Gilda é um dos mais pedidos pelos clientes da Barbarella por seu generoso recheio de doce de leite e cobertura de chocolate meio amargo derretido. O pão é acompanhado de uma bola de sorvete de baunilha em fava e mais chocolate meio amargo derretido.

Cafés

Para acompanhar os preparos, uma série de preparos à base de café proveniente de grãos especiais de origem. Há as opções de expressos lungo, doppio e descafeinado, os cappuccinos, o tradicional com leite, o cold brew, entre outros.

Um dos destaques é o cappuccino “Las Chicas”, em que o tradicional preparo italiano é acompanhado de uma generosa colherada de doce de leite dentro e na borda da xícara.

Nos preparos que levam leite, é possível substituir por opções sem lactose, desnatado ou de aveia da marca Nude.

Na carta há drinks especiais de Espresso Gin Tônica e Espresso Martini e quarenta opções de vinhos com rótulos tintos, brancos, rosés, naturais e espumantes.

Muffin e café.

Para levar

A Barbarella Bakery também oferece uma linha de pães pré-assados preservados a vácuo que podem ficar resfriados por trinta dias. Ao aquecê-los, resgatam a crocância e todo o sabor das variedades francês e baguete.

A loja tem estacionamento gratuito e pedidos podem ser feitos pelo iFood.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS