AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.8 min

PUBLICADO EM

09/10/2020

A Rappi, um aplicativo de entrega sobre demanda, principalmente no mercado de delivery de refeições, acaba de lançar o Rappi Travel para atuar no mercado do turismo com oferta de voos das maiores companhias aéreas nacional e internacionais, viagens de ônibus e hospedagem. No futuro, quer oferecer, também, pacotes turísticos e aluguel de carros.

O botão que disponibiliza o Rappi Travel já está no ar dentro do superapp e conta com a oferta de voos das companhias aéreas e parceiros do mercado de turismo, como Hotelbeds, Expedia e Hoteldo, as redes de hotéis Atlantica, Bourbon, Nacional Inn, Wyndham e GJP Hotels & Resorts. A nova vertical também anuncia parceiros de programas de pontos, como Livelo, TudoAzul e Dotz. Já para o transporte rodoviário o Rappi fechou parceria com a ClickBus, que comercializa passagens de ônibus, e com a empresa de locação de carros Unidas, entre outras.

Sérgio Saraiva, presidente do Rappi no Brasil (a empresa tem sede na Colômbia) diz que a “ideia de lançar o Rappi Travel está alinhada com a estratégia de crescimento do superapp. Somos uma empresa focada no usuário e buscamos integrar ainda mais a jornada do consumidor, oferecendo as melhores marcas e os melhores parceiros da indústria de viagem e turismo sempre com vantagens para o nosso consumidor, assim como já ocorre com as outras verticais dentro do Rappi”, explica Sérgio Saraiva, presidente do Rappi no Brasil.

Quem adquirir qualquer produto do Rappi Travel nos três primeiros meses de funcionamento da recém-lançada vertical terá 20% de cashback para utilizar no superapp. Já aqueles que optarem pelo uso do cartão Elo receberão, além do cashback, mais 10% de desconto na primeira compra no novo botão.

O aplicativo foi lançado em 2015, chegou ao Brasil em julho de 2017 e está presente em mais de 100 cidades do país. Além da Colômbia e Brasil, o app também está na Argentina, Chile, Costa Rica, Equador, México, Peru e Uruguai.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS