AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.2 min

PUBLICADO EM

02/01/2016

Delicado e elegante o livro O Gato Zen, de Kwong Kuen Shan, traz belas ilustrações harmonizadas com poemas, provérbios e máximas da filosofia chinesa. Os textos foram selecionados para iluminar e inspirar, e transmitem modelos para a maneira como podemos procurar a verdade, respostas, uma direção.

Esse tipo de ensinamento exige muita atenção e interpretação. A leitura pode ser feita de modo rápido, mas o prazer está em divagar sobre as mensagens. Para os mais interessados indico ir atrás dos autores, cujos ensinamentos desempenharam papel fundamental na cultura chinesa: Confúcio, Lao-Tse, Sun Tzu e Chuang Tse.

As pinturas são no estilo chinês, com alguns desenhos mais minuciosos e outros em estilo livre. Os protagonistas das pinturas são os gatos, escolhidos por sua sofisticação, agilidade, maleabilidade e independência.

O meu texto preferido de O Gato Zen é: “Para saber como é uma pessoa, há sete maneiras: Faça-lhe uma pergunta difícil, observe seu talento para a análise; Diga uma provocação, observe sua atitude; Pergunte-lhe como resolve problemas difíceis, avalie sua inteligência; Deixe-a enfrentar uma situação difícil, observe sua coragem; Embriague-a, observe sua natureza; Alicie-a com ouro, observe sua integridade; Dê-lhe instruções para uma tarefa, avalie sua fidedignidade”, de Sun Tzu, do livro A Arte da Guerra. Estação Liberdade. R$ 25,00.

vendas@livrariadochain.com.br

Amanda Chain

Publicado no Aeroporto Jornal – janeiro/2016

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS