AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.2 min

PUBLICADO EM

29/10/2020

O Grupo Latam informou que vai aumentar de 25%, em outubro, para 33% sua capacidade de operação em novembro impulsionado pelos voos internacionais do Peru e pelo aumento da operação doméstica no Brasil e na Colômbia. Isso significa 4,3 mil voos domésticos e internacionais por semana; mil voos semanais a mais do que em outubro.

A companhia aérea ressalta, entretanto, que estas estimativas estão sujeitas à evolução da pandemia, bem como às restrições de viagens em todos os países onde a companhia opera. Atualmente, o Grupo atende 106 destinos em quatorze países.

Leia no detalhe as novidades para cada filial para novembro:

Brasil

A Latam seguirá retomando gradualmente as suas operações já restabelecidas para 44 destinos domésticos. Após operar 48% de sua capacidade em outubro, pretende operar 54% em novembro, alcançando a marca de 337 voos diários no País. Para isso, duplicará o número de destinos servidos a partir do aeroporto de São Paulo/Congonhas com relação a outubro, retomando voos do aeroporto paulista para Fortaleza, Florianópolis, Vitória, Cuiabá, Navegantes e Goiânia.

A companhia também seguirá reforçando seus principais hubs (centros de conexão), com 38 destinos atendidos a partir de São Paulo/Guarulhos e trinta destinos a partir de Brasília.

Do Brasil para o Exterior, serão retomadas as rotas internacionais São Paulo-Assunção e São Paulo-Lima, e será ampliado de três para cinco o número de voos semanais na rota São Paulo-Miami.

Chile

A Latam manterá as frequências de voos para doze destinos já restabelecidos no país e para doze destinos internacionais.

Peru

Após operar 29% de sua capacidade em outubro, a Latam pretende operar 40% em novembro, chegando a 18 destinos domésticos a partir de Lima, além da retomada da operação internacional para nove destinos no Exterior.

Colômbia

Após operar 19% de sua capacidade em outubro, a companhia pretende operar 42% em novembro, servindo onze destinos a partir de Bogotá e mais três a partir de Cartagena, encerrando o mês com a marca de 570 frequências semanais.

Equador

Depois de operar 40% de sua capacidade em outubro, pretende operar 44% em novembro, alcançando 128 frequências semanais para seis destinos no país. Nos voos internacionais, destacam-se as operações das rotas Quito-Lima, Guayaquil-Lima e Guayaquil-Santiago.

A companhia recomenda que os passageiros consultem mais informações clicando aqui e todas as restrições de viagem de acordo com o destino de sua viagem diretamente em Restrições de Acesso.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS