AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.2 min

PUBLICADO EM

16/05/2020

A australiana Rowena Meadows é “fotógrafa de vida familiar”. Ela perdeu clientes durante o isolamento social por conta do Coronavírus. E acabou quebrando a lente que usava para fotografar as pessoas à distância.

Despretenciosamente, a Rowena começou a fazer retratos monocromáticos dela e sua família – já que estavam em causa por conta do lockdown. Cada um buscou objetos e roupas da mesma cor.

O resultado foi uma série fotografica colorida e engraçada. Além de centenas de milhares de compartilhamentos nas redes sociais. Muita gente se inspirou e está fazendo as próprias fotos monocromáticas.

A fotógrafa confessa que, no início, não confiou na ideia: “Eu apaguei as fotos do meu Facebook algumas vezes depois de postar, porque achei que elas poderiam ser meio bobas”.

Acho que tem uma lição nessa história toda: confiar em você e nas suas ideias acima de tudo. Sobretudo quando elas vierem de um lugar de criatividade.

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS