AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.1 min

PUBLICADO EM

05/12/2015

Em cada voo sempre vem a recomendação de desligar aparelhos celulares e outros equipamentos eletrônicos. Mas, e se você quiser tirar uma fotografia durante o voo, pode?

A jornalista Silvia Bomm, de Balneário Camboriú, é uma passageira que entra no avião com sua câmera fotográfica. Ela diz que “nunca ninguém me advertiu sobre estar fotografando no momento do pouso e decolagem. Sempre procurei fazer a imagem rapidamente e logo guardar o equipamento, pois não quero prejudicar o voo. Mas sempre tive dúvidas sobre poder ou não estar com equipamento fotográfico ligado”.

Guia

Segundo a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), o uso das câmeras fotográficas se enquadra dentro do uso de aparelhos eletrônicos em geral. Hoje deve se considerar, também, que as câmerasde fotografia podem ser aparelhos autônomos, com mais ou menos recursos eletrônicos (com emissão de frequências) ou estarem integradas em celulares, tablets e outros itens.

Esse fato, diz a Abear, afeta os momentos de pouso e decolagem. Em especial, quando além de existir a preocupação com uma eventual interferência eletromagnética, itens de maior dimensão e peso devem ser acomodados nos compartimentos superiores ou do assento da frente para evitar que sejam projetados na hipótese de alguma manobra mais brusca.

O Guia do Passageiro da Associação diz que “até o momento, durante o pouso e decolagem, todos os aparelhos eletrônicos devem ser desligados. Já no tempo restante do voo, é permitido usar laptops, câmeras e tocadores de MP3, entre outros aparelhos, além de tablets e celulares em modo avião. Essas regras estão em constante revisão. Portanto, em caso de dúvida, verifique com a empresa aérea”.

Esta é uma recomendação importante porque hoje, no caso da Gol, a companhia obteve autorização daAgência Nacional de Aviação Civil para que seus passageiros possam usar os aparelhos, em modo avião, durante pousos e decolagens. Modo avião é o estado em que o aparelho eletrônico permanece desabilitado a transmitir intencionalmente sinais de radiofrequência, como chamadas telefônicas, comunicação de dados, wi-fi, Bluetooth, etc. Quando não há esta opção no aparelho utilizado, deve-se desabilitar as funções de wi-fi e Bluetooth.

Assim, se seu equipamento fotográfico estiver desligado para wi-fi ou Bluetooth, registre suas imagens sem se preocupar. A foto que ilustra esta matéria é da Silvia, quando sobrevoava o Chile.

Publicado no Aeroporto Jornal – dezembro/2015

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS