AUTOR

TEMPO DE LEITURA

9 min

PUBLICADO EM

04/12/2020

Foi divulgada a lista dos melhores restaurantes do Latin America’s 50 Best Restaurants 2020 que está na oitava edição. O Don Julio, em Buenos Aires, foi eleito The Best Restaurant in Latin America 2020 e o Pujol, na Cidade do México, leva para casa o prêmio Flor de Caña Sustainable Restaurant Award 2020.

É a primeira vez que o Don Julio assume o primeiro lugar, garantindo seu status de The Best Restaurant in Latin America em 2020. O restaurateur e sommelier Pablo Rivero que comanda o restaurante, alcançou reconhecimento internacional por sua hospitalidade exemplar, carta de vinhos e abordagem diferenciada dos ingredientes. Toda a carne do Don Julio vem de gado Aberdeen Angus e Hereford, alimentados com capim, criados no interior de Buenos Aires e envelhecidos por pelo menos 21 dias para atingir a maturidade ideal

O restaurante Maido, de Lima (Peru), eleito três vezes o Best Restaurant in Latin America, deixa o trono ao levar o segundo lugar, enquanto o restaurante Central, também de Lima, ocupa a terceira posição. O Central também foi homenageado com o Gin Mare Art of Hospitality Award, pelo qual a Academia elogiou seu estilo de serviço descontraído, mas altamente profissional. Esses dois restaurantes são seguidos pelo A Casa do Porco, em São Paulo, no 4º lugar, e Pujol na Cidade do México, no 5º.

O Peru conta com o maior número de integrantes na lista de 2020, com onze restaurantes, incluindo o Mayta, que recebeu o Highest Climber Award, patrocinado pelo illycaffè. A Argentina vem logo em seguida, com dez restaurantes no ranking, incluindo dois novos estabelecimentos: o El Preferido de Palermo e Osaka, ambos em Buenos Aires.

O Brasil conquistou nove posições, incluindo um novo restaurante, o Corrutela em São Paulo, e o Manu, em Curitiba, está na 44ª posição. O México iguala o desempenho do Brasil com nove restaurantes na lista.

Colômbia e Chile têm quatro posições cada e o Equador conquistou um espaço inaugural no ranking com o Nuema, eleito o Best Restaurant in Ecuador.

Este ano, os Latin America’s 50 Best Restaurants apresentam seis novos estabelecimentos no ranking. O restaurante Mérito, de Lima (Peru), recebe o Highest New Entry Award, patrocinado pela Aspire Lifestyles, após ocupar o 37º lugar na lista; Osaka e El Preferido de Palermo, em Buenos Aires (Argentina), classificam-se em 36º e 47º, respectivamente; Nuema em Quito (Equador) está na 48ª posição; Celele em Cartagena (Colômbia) está em 49º; e Corrutela, em São Paulo, é o 50º.

Lista completa

Aqui a lista completa do Latin America’s 50 Best Restaurants 2020 que tem patrocínio aa S.Pellegrino & Acqua Panna:

  1. Don Julio (Buenos Aires, Argentina) também The Best Restaurant in Argentina
  2. Maido (Lima, Peru) The Best Restaurant in Peru
  3. Central (Lima, Peru) Gin Mare Art of Hospitality Award
  4. A Casa do Porco (São Paulo, Brasil) The Best Restaurant in Brasil
  5. Pujol (Cidade do México, México) The Best Restaurant in México/Flor de Caña Sustainable Restaurant Award
  6. Boragó (Santiago, Chile) The Best Restaurant in Chile
  7. El Chato (Bogotá, Colômbia) The Best Restaurant in Colômbia
  8. Mishiguene (Buenos Aires, Argentina)
  9. Rosetta (Cidade do México, México)
  10. Osso (Lima, Peru)
  11. Quintonil (Cidade do México, México)
  12. Oteque (Rio de Janeiro, Brasil)
  13. D.O.M. (São Paulo, Brasil)
  14. Pangea (Monterrey, México)
  15. Alcalde (Guadalajara, México)
  16. Tegui (Buenos Aires, Argentina)
  17. Sud 777 (Cidade do México, México)
  18. Kjolle (Lima, Peru)
  19. Chila (Buenos Aires, Argentina)
  20. Isolina (Lima, Peru)
  21. Lasai (Rio de Janeiro, Brasil)
  22. Astrid y Gastón (Lima, Peru)
  23. Maní (São Paulo, Brasil)
  24. Mayta (Lima, Peru) *Highest Climber Award, patrocinado pelo illycaffè
  25. Harry Sasson (Bogotá, Colômbia)
  26. Evvai (São Paulo, Brasil)
  27. Leo (Bogotá, Colômbia)
  28. Parador La Huella (José Ignacio, Uruguai) *Best Restaurant in Uruguay
  29. Rafael (Lima, Peru)
  30. Le Chique (Cancún, México)
  31. Nicos (Cidade do México, México)
  32. De Patio (Santiago, Chile)
  33. Mocotó (São Paulo, Brasil)
  34. Gran Dabbang (Buenos Aires, Argentina)
  35. Mil (Cusco, Peru)
  36. Máximo Bistrot (Cidade do México, México)
  37. Mérito (Lima, Peru) Highest New Entry Award, patrocinado pela Aspire Lifestyles
  38. Osaka (Buenos Aires, Argentina) New Entry
  39. El Baqueano (Buenos Aires, Argentina)
  40. Narda Comedor (Buenos Aires, Argentina)
  41. Restaurante 040 (Santiago, Chile)
  42. Maito (Cidade do Panamá, Panamá) Best Restaurant in Panamá
  43. Aramburu (Buenos Aires, Argentina) Re-Entry
  44. Manu (Curitiba, Brasil)
  45. La Mar (Lima, Peru)
  46. Ambrosía (Santiago, Chile)
  47. El Preferido de Palermo (Buenos Aires, Argentina) New Entry
  48. Nuema (Quito, Equador) *Best Restaurant in Ecuador/New Entry
  49. Celele (Cartagena, Colômbia) New Entry
  50. Corrutela (São Paulo, Brasil) New Entry

Outros premiados

O Latin America’s Best Pastry Chef Award 2020 foi concedido à chef Sofia Cortina, do restaurante La Vitrine, na Cidade do México. Cortina tem estudo clássico na confeitaria francesa e trabalhou na seção de confeitaria em cozinhas de alguns dos mais relevantes restaurantes do mundo. Ela cria generosos bolos e delicados doces com cobertura de frutas, junto com seu prato de assinatura: uma variação da sobremesa francesa clássica Vacherines, que combina camadas de merengue, coulis e sorvetes leves.

O Flor de Caña Sustainable Restaurant Award 2020 foi entregue ao restaurante Pujol, da Cidade do México. O prêmio reconhece o estabelecimento na lista que atinge a mais alta classificação geral de sustentabilidade, conforme avaliado por especialistas em sustentabilidade do Food Made Good Global. O compromisso do chef-proprietário Enrique Olvera e de sua equipe em obter ingredientes de produtores locais e preservar a biodiversidade da região aumentou durante a pandemia. A dedicação do Pujol e de sua equipe é inabalável.

O Gin Mare Art of Hospitality Award 2020, que reconhece a excelência em serviço de restaurantes e experiências gastronômicas, foi concedido ao restaurante Central, em Lima (Peru). Administrado pelo casal Virgilio Martínez e Pia León, o restaurante em si é uma vitrine da biodiversidade do Peru. O estilo de serviço é descontraído e acolhedor, mas sempre altamente profissional, com uma equipe treinada para transmitir as histórias por trás do menu e dos ingredientes com paixão e personalidade.

Ocupando o 24º lugar na lista Latin America’s 50 Best Restaurants, o restaurante Mayta, de Lima (Peru), foi premiado com o Highest Climber Award 2020, patrocinado pelo illycaffè, após subir 25 posições em comparação ao ano passado. O empreendimento do chef Jaime Pesaque ganhou sua primeira inclusão nos Latin America’s 50 Best Restaurants em 2019 e foi elogiado por seu uso criativo de ingredientes e sabores locais, combinado com sua técnica bem sucedida.

Estreando na lista no 37º lugar, o restaurante Mérito, de Lima (Peru), recebeu o Highest New Entry Award 2020, promovido pela Aspire Lifestyles. No restaurante, os chefs venezuelanos Juan Luis Martínez e José Luis Saume atualizam os pratos de sua terra natal e dão aos ingredientes peruanos uma nova identidade.

Prêmios pré-anunciados

O Latin America’s Best Female Chef 2020 foi dedicado à Narda Lepes, chef-proprietária do restaurante Narda Comedor, em Buenos Aires (Argentina). Agora em seu oitavo ano, o prêmio visa apoiar e promover a inclusão na esfera culinária, e dar a oportunidade ao público feminino de inspirar futuras gerações de mulheres jovens, tanto na cozinha como fora dela.

Janaina Rueda, chef-proprietária do A Casa do Porco e O Bar da Dona Onça, ambos em São Paulo, levou para casa o American Express Icon Award 2020, que homenageia um indivíduo que fez uma contribuição marcante para a indústria de restaurantes e usou seus perfis para aumentar a conscientização e impulsionar para uma mudança positiva. O prêmio reflete seu compromisso com a comunidade, desde a campanha por refeições escolares saudáveis e gastronomia inclusiva, até a mobilização de líderes da indústria em torno dos esforços de combate à Covid-19, e a ajuda a comunidades vulneráveis durante a pandemia.

O restaurante Fauna, no Vale de Guadalupe (México), dirigido por David Castro Hussong e Maribel Aldaco Silva, recebeu o Miele One To Watch Award 2020. O prêmio reconhece um restaurante emergente de destaque com grande potencial para subir no ranking Latin America’s 50 Best Restaurants em anos futuros.

A chef Leonor Espinosa, do restaurante Leo em Bogotá (Colômbia), é homenageada com o Estrella Damm Chefs’ Choice Award 2020. Votado pelos próprios chefs da lista Latin America’s 50 Best Restaurants 2020, o prêmio reconhece um indivíduo que conquistou o respeito de seus pares por seu trabalho inspirador e liderança no setor de hospitalidade. Espinosa é conhecida por sua intenção pioneira de reviver as tradições culinárias colombianas e por usar a comida para promover o desenvolvimento cultural e social em comunidades indígenas, afrodescendentes e rurais.

Para destacar o amplo e diversificado cenário gastronômico da região e apoiar a recuperação do setor hoteleiro, o Latin America’s 50 Best Restaurants – em associação com a S.Pellegrino & Acqua Panna – também anunciou El Espíritu de América Latina, uma coleção sem classificação de restaurantes que tiveram um impacto positivo em suas comunidades e na culinária local, seja durante a crise recente ou por um longo período. Com estabelecimentos em 43 cidades de 17 países e cobrindo mais de 9.000 km de Monterrey, no norte do México, a Puerto Natales, no sul do Chile, El Espíritu de América Latina reflete a diversidade da região, ricas tradições culinárias e cozinhas ancestrais.

Para ver a coleção completa de restaurantes que fazem parte do El Espíritu de América Latina, clique aqui.

Como é feita a lista

A Latin America’s 50 Best Restaurants Academy é composta por mais de 250 membros votantes regionais, cada um dos quais é escolhido a dedo por sua opinião especializada sobre o cenário de restaurantes da América Latina. Os votos dessa Academia compõem a lista Latin America’s 50 Best Restaurants, um barômetro anual de sabor. A Academia está dividida em quatro regiões: México e América Central, América do Sul (Norte), América do Sul (Sul) e Brasil. Cada região tem uma cadeira na Academia e 62 outros membros votantes, formados por jornalistas, críticos de comida, chefs, donos de restaurantes e gourmands. Este ano, cada membro enviou 10 votos sobre o que eles consideraram suas melhores experiências gastronômicas dos 15 meses anteriores (devido à pandemia, o período de votação deste ano foi de janeiro de 2019 a março de 2020), e pelo menos quatro desses votos foram para restaurantes fora seu próprio país. Para ver mais detalhes sobre o processo de votação do Latin America’s 50 Best Restaurants, clique aqui.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Foto da capa: Foto: Turismo Buenos Aires

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS