AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.6 min

PUBLICADO EM

05/08/2015

A Sociedade de Amigos do Museu Imperial arrematou um retrato inédito do imperador d. Pedro II durante leilão realizado na Casa Collin Du Boccage, em Paris (França), em junho.

O desenho, crayon sobre papel, medindo 21,5 x 16,8cm, retrata o segundo imperador do Brasil de perfil, em traje civil, portando insígnia e placa da Imperial Ordem do Cruzeiro do Sul.

A obra pertenceu à coleção da família real francesa e, muito provavelmente, foi oferecida no leilão por herdeiros da princesa d. Isabel de Orleans e Bragança, bisneta de d. Pedro II, e condessa de Paris por casamento com Henrique de Orleans, chefe da casa real francesa.

Maurício Vicente Ferreira Junior, diretor do Museu Imperial/Ibram, que fica em Petrópolis (RJ), e que arrematou o retrato por telefone, afirma que as características da obra sugerem que o retrato tenha sido produzido como um estudo para a elaboração de uma medalha ou moeda, não executadas, no contexto da celebração da coroação e sagração do jovem imperador, em 1841.

A oferta da peça em leilão foi informada ao Museu Imperial pelo Setor Cultural da Embaixada do Brasil na França, que ainda acompanhou toda a operação desde Paris.

O valor pago pela peça foi de € 1,5 mil (cerca de R$ 5,2 mil).

O Museu

O Museu Imperial, em Petrópolis (RJ) possui o principal acervo do país relativo ao império brasileiro, em especial o chamado Segundo Reinado, período governado por d. Pedro II.

São cerca de 300 mil itens museológicos, arquivísticos e bibliográficos à disposição de pesquisadores e demais interessados em conhecer um pouco mais sobre o tema.

Também há constantes eventos, exposições e projetos educativos preparados pela equipe do Museu.

Mais cultura em https://nowboarding.com.br/category/cultura/

Publicado no Aeroporto Jornal – agosto/2015

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS