AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2 min

PUBLICADO EM

05/05/2012

Em Haia, capital política holandesa, vale a pena visitar Madurodam, um parque que apresenta a Holanda em
miniatura destacando os pontos mais importantes do país e sua história.

Este ano, ele foi totalmente renovado e ampliado, trazendo uma nova proposta: interação! Dividido em três temas: água, cidades e Holanda como fonte de inspiração para o mundo, o parque dá a oportunidade ao visitante de aprender como manejar os diques, operar no terminal de contêineres do porto de Roterdã, conhecer as obras dos mestres pintores, pilotar um avião da KLM, viajar em navios do século 17, rumo às Índias, e muito mais.

Para quem quiser passar o dia em Madurodam, o parque dispõe ainda de dois restaurantes: Taste of Holland, que oferece desde um café com a típica torta de maçã holandesa até pratos quentes, saladas, sanduíches e frutas frescas, e o Panorama Café, situado atrás do parque, com lanches servidos no terraço. Neste último, as crianças têm um espaço inteiramente dedicado a elas, com balanços, gangorras e outros brinquedos espalhados pela área.

A cidade miniatura foi criada em 1952 em homenagem ao herói de guerra judeu-antilhano George Maduro (1916-1945), que estudou Direito em Leiden, lutou ao lado dos aliados durante a II Guerra Mundial e faleceu no campo de concentração de Dachau, no Sul da Alemanha. Localizado na George Maduroplein, 1, em Haia (tel.+31 (0)70-416-
2400) e aberto de segunda a domingo, Madurodam pode ser visitado até junho, das 9h às 20h; em julho e agosto, das 9h às 21h; setembro e outubro, das 9h às 19h; e novembro e dezembro, das 9h às 17h. Crianças até 2 anos têm entrada gratuita, de 3 a 11 anos, pagam € 10,50 e a partir de 12 anos, € 14,50. O parque é acessível a pessoas com necessidades especiais e o acompanhante não paga ingresso. Não é permitida a entrada de animais, à exceção
de cães-guia. Para ter um desconto de 15%, basta comprar a entrada nas lojas de turismo ANWB, espalhadas pela Holanda.

Madurodam conta com um enorme estacionamento, mas chegar até o parque com transporte público é sempre mais prático: a partir da estação central de Haia, é só pegar o bonde número 9 e descer no ponto Madurodam.

Eny Sacchi, jornalista

Foto: site oficial

Publicado no Aeroporto Jornal – maio/2012

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS