AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1 min

PUBLICADO EM

23/04/2020

“Um mês e meio desde que diversos atores da indústria nos alertaram para a maior crise que o setor sofreu, hoje podemos observar que os impactos são mais profundos e que serão mais duradouros do que o inicialmente previsto”, disse o CEO do Grupo Latam Airlines, Roberto Alvo. Por isso, a empresa anuncia que manterá manterá a redução de suas operações de passageiros em 95% em maio.

Nas rotas domésticas, a Latam informa que no Brasil e no Chile as operações continuarão reduzidas no próximo mês com o objetivo de manter uma conectividade mínima nesses países. Já nas rotas internacionais, o Grupo Latam Airlines e a Latam Airlines Brasil esperam operar seis frequências semanais entre Santiago e Miami e três frequências entre São Paulo e Miami, respectivamente.

O Grupo Latam Airlines e suas subsidiárias irão manter voos humanitários internacionais e fretamentos, dependendo das necessidades, das restrições legais e sujeitos à avaliação. Desde o início da crise, o Grupo e suas subsidiárias transportaram mais de 100 mil passageiros de volta para suas casas e 66 toneladas de carga humanitária no âmbito do programa Avião Solidário.

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS