A 480 km de Santiago do Chile, capital chilena, e a 180 km de Concepción, cidade que conta com aeroporto e é alternativa para chegar ao Hotel Termas Chillán (o voo de Santiago tem duração de 1h10 e de Concepción até o hotel o transfer é de cerca de 2h30), você estará aos pés das Cordilheiras do Andes.

A Cordilheira dos Andes vai da Venezuela à Patagônia, é a maior cadeia de montanhas do mundo em comprimento e no Norte do Chile e da Argentina estão os picos mais altos da Cordilheira.

O Termas Chillán é um hotel de montanha com 109 apartamentos que foram recentemente renovados em quatro estilos: suíte (46 m²), Vista Montaña e Vista Bosque (para acomodar três pessoas) e Séptimo Piso, para casal, todos com tv, wi-fi, frigobar, ar-condicionado e isolamento térmico do exterior.

No inverno e no verão

Na gastronomia, o restaurante Arboleda capta toda a riqueza da cozinha de Ñuble, uma das dezesseis regiões do Chile cuja capital é Chillán, e o bar La Grieta e Café Muffin complementam esta experiência inspirada nos sabores locais.

As opções de entretenimento dos hóspedes no Termas Chillán são várias. O Alunco é um completo wellness spa com variados tratamentos com área exclusiva para mulheres e homens. Banho a vapor, sauna, piscina e jacuzzi estão à disposição num circuito das águas.

E sempre é bom um momento para explorar a montanha. São diversas atividades para aproveitar tanto o inverno quanto o verão.

No inverno, esqui e snowboard, motos de neve, caminhar com raquetes pela neve, você pode fazer um percurso que combina montanhismo, alpinismo e esqui ou ir até a montanha, onde poucos podem chegar, de helicóptero. Já no verão, trekking, arvorismo, escalada em rochas e cavalgadas.