AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.6 min

PUBLICADO EM

27/04/2020

A Emirates aumentou sua capacidade de processar reembolsos, reafirmando seu compromisso com os clientes e parceiros comerciais afetados pelas restrições de viagens relacionadas à pandemia de Covid-19.

Com quase 500 mil solicitações de reembolso pendentes aguardando processamento, a companhia aérea tomou medidas proativas para reestruturar seus procedimentos e aumentar o processamento de reembolsos. Antes da pandemia, a Emirates processava em média 35 mil solicitações de reembolso por mês. Agora, está se preparando para processar 150 mil solicitações por mês. A proposta é eliminar todas as pendências até o início de agosto.

Sir Tim Clark, presidente da Emirates Airline, disse que “este é um momento difícil para nós e para todas as companhias aéreas. Estamos usando nossas reservas de caixa e adotando medidas proativas no processamento de reembolsos, mas é nosso dever e responsabilidade. Gostaríamos de enfatizar aos nossos clientes e parceiros comerciais que atenderemos a todos os pedidos de reembolsos e que estamos fazendo o possível para acelerar esse processo.” Tim informou que a companhia teve uma grande movimentação nas primeiras semanas da pandemia, mas, depois disso, “reformulamos nossa política de isenção relacionada à Covid-19, adotando globalmente uma abordagem simples que coloca os clientes em primeiro lugar”.

“Esperamos que nossos clientes e parceiros comerciais optem por reservar e voar com a Emirates em outro momento em breve. Para aqueles que decidirem ficar com a passagem ou trocá-la por vouchers de serviços, esperamos recebê-los em breve em nossos voos. Os anúncios sobre a retomada dos serviços serão feitos assim que possível”, diz o presidente.

Reembolso

Os clientes que quiserem solicitar vouchers ou reembolsos de viagem devem preencher o formulário online disponível no site da Emirates ou entrar em contato com o agente de reservas e solicitar ajuda.  

A Emirates oferece três opções para seus clientes que tiveram cancelamentos de voos e sofreram as consequências das restrições de viagem devido à pandemia:

• Manter a passagem atual por até 24 meses; neste caso, basta ligar e reagendar o voo quando puder voar novamente. A Emirates estendeu essa opção, que se aplica às passagens emitidas até 30 de junho de 2020 para voos até 30 de novembro de 2020.

• Trocar o valor não utilizado da passagem por um voucher no valor pago na sua reserva original. O voucher pode ser trocado por qualquer produto ou serviço da Emirates, sem taxas de alteração, oferecendo aos clientes mais flexibilidade para reagendar os voos.

• Reembolso: Os clientes que decidirem manter sua passagem ou trocar por um voucher ainda podem solicitar o reembolso se não puderem viajar. Não será cobrada taxa de reembolso.

Os clientes com reserva feita por agentes de viagens devem entrar em contato com o agente para obter ajuda. As mesmas opções são válidas neste caso também.

Mais informações sobre a política de isenção da Emirates e notícias sobre voos e negócios relacionadas à Covid-19 estão disponíveis em: http://www.emirates.com/ae/english/help/covid-19/.

Fonte: Emirates

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS