AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.5 min

PUBLICADO EM

05/04/2015

Pessoas com diabetes podem encontrar dificuldades na hora de se alimentar durante uma viagem devido a uma nova rotina. Para Mauro Scharf, endocrinologista do Centro de Diabetes Curitiba, dá dicas para diabéticos de como se alimentar em viagens e diz que o segredo está na distribuição de alimentos, numa dieta com moderação e na monitoração da glicemia. “Não existem grandes mudanças mas simples adaptações que um viajante com diabetes deve fazer. Em algumas companhias aéreas você pode pedir um menu exclusivo para diabéticos. Isso é possível e já ajuda”, afirma.

O médico diz que em voos de longa duração é importante ter à mão alimentos que contenham carboidratos para tratamento de hipoglicemias (açúcar baixo no sangue), pois nem sempre elas podem estar disponíveis. “Também é importante sempre manter por perto os medicamentos e as insulinas, caso necessite aplicá-las”, reforça. Scharf explica que um cardápio ideal para um diabético em viagens inclui mais carboidratos integrais como pães, cereais sem açúcar, arroz integral, além de se ter sempre lanchinhos como frutas e barrinhas de cereais na bolsa, caso o passeio seja mais demorado. “Nas refeições principais, a regra é a mesma para em qualquer lugar, seja em casa ou viajando. O que vale é a quantidade e a combinação dos alimentos. Comendo fibras e fazendo uma refeição balanceada é possível driblar o excesso de glicose ou fazer com que ela demore mais tempo para ser absorvida no sangue”, destaca.

O endocrinologista lembra que, numa viagem, é difícil deixar de cair na tentação. Por isso, quando isso acontecer, a recomendação para o diabético é experimentar, mas não exagerar. “De vez em quando, no momento em que bater aquela vontade, tudo bem comer algo não ligado diretamente à dieta. Mas isso deve ser feito em raras ocasiões, para não comprometer o tratamento”, comenta. E continua: “quando o assunto for bebida, o melhor é sempre optar pelas que são liberadas para quem possui diabetes como café sem açúcar, chá sem açúcar, água mineral e refrigerante diet”, finaliza.

Na American Airlines é possível solicitar alimentação especial ligando para (11)4502-4000, (21)4502-5005 ou 0300-789-7778 (outras localidades). Na Copa Airlines, o passageiro pode informar sua preferência alimentar ou ligar 0800-771-2672. A Latam oferece cardápios especiais também com alimentos sem glúten, de baixa caloria, de baixo colesterol, sem sal e sem lactose, menu ovolactovegetariano e vegan. Pedidos no 4002-5700 (capitais) ou 0300-570-5700. Na Azul (4003-1118 ou 0800-887-1118), opção para diabéticos só em voos internacionais. Em todos, pede-se 48 horas de antecedência. No check-in, avise o atendente que você solicitou uma refeição especial. A Gol não oferece cardápio especial, mas entre as opções no serviço de bordo em voos nacionais ou internacionais, pode-se escolher aquela que melhor adapta à sua situação.

Publicado no Aeroporto Jornal – abril/2015

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS