AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.8 min

PUBLICADO EM

06/10/2020

Serra Negra, a 150 km de São Paulo, no Circuito das Águas Paulistas, ganha nova atração a partir do próximo sábado (10): o Bioparque Serra Negra. No início as visitações serão monitoradas de grupos de até dez pessoas e a partir de dezembro a o parque será aberto para visitação pública.

Município conhecido como destino para quem procura contato com a natureza e boa gastronomia, a cidade atrai turistas também pela qualidade terapêutica das sua águas minerais e diversas fontes estão espalhadas oferecendo água que tem pequenas doses de radioatividade, boa para a saúde.

O Bioparque fica numa área de 28 hectares (280 mil m²) com vegetação nativa rica em flora e fauna e nasceu da iniciativa do veterinário Daniel Chabu que, há quatro anos, decidiu transformar uma área preservada por sua família num parque onde os turistas poderão admirar animais selvagens como macacos-sauá, tatus, maritacas, gaviões, anus, gralhas, pererecas e serpentes de diversas espécies, vivendo ao ar livre.

Ingressos

O objetivo da criação do Bioparque é desenvolver um espaço natural diferenciado, aliando ecoturismo e conservação. O parque receberá escolas e poderá ser utilizado em programas de desenvolvimento profissional. Toda visita será acompanhada de um biólogo para dar explicações e orientações.

Próximo ao Bioparque há uma opção de hospedagem: o Grand Resort Serra Negra, a apenas 6 km do local.

Fundado em 1942, foi restaurado em 2016 e manteve preservados detalhes históricos, como os salões com pisos de mármore italiano, a espetacular varanda panorâmica e as portas entalhadas a mão. Hoje é considerado um dos hotéis campestres mais luxuosos do país. Na gastronomia, o resort oferece um restaurante em estilo bufê, bistrô e american bar, além de adega de vinhos com dezenas de rótulos.

Os ingressos para visitas monitoradas custam R$ 40 para crianças de 2 a 6 anos; R$ 80 para adultos ou crianças acima de 6 anos e R$ 40 para adultos acima de 60 anos. Crianças até 2 anos entram gratuitamente.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS