AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.7 min

PUBLICADO EM

05/03/2017

Considerada ambiente ideal para os amantes da literatura, as bibliotecas não só guardam milhares de livros, como também foram construídas em edifícios que são verdadeiras obras de arte.

A agência de notícias Ansa lista as cinco que estão entre as mais belas do mundo e merecem uma visita.

Monastério de Admont

Inaugurada em 1776, a Biblioteca do Monastério Beneditino de Admont (foto que abre a matéria), na Áustria, é a maior biblioteca monástica do mundo. São mais de 180 mil obras, incluindo 1,4 mil manuscritos e incunábulos, além de volumes antigos e edições originais de obras raras. O local foi projetado pelo arquiteto Josep Hueber em um estilo rococó, cujo teto da cúpula tem pinturas do artista austríaco Bartolomeo Altomonte, que celebram a ciência e a fé.

Peabody Library

Localizada na Universidade de John Hopkins, em Baltimore, EUA, a George Peabody Library possui mais de trezentos mil volumes em seu acervo. Os livros datam desde o século 19 e tratam de assuntos como religião, arte britânica, arquitetura, história, literatura, viagem e romance. O local também já foi descrito como a “catedral dos livros” e é referência da arquitetura neoclássica. Projetada pelo arquiteto Edmund Lind em 1860, a construção é repleta de mármore preto e branco, decorações de ferro e cinco fileiras de balcões com colunas douradas. Por sua elegância, a biblioteca é frequentemente utilizada para casamentos e festas privadas.

Clementinum

Construído em 1722, o edifício é uma obra da arquitetura barroca de Praga, na República Tcheca. A biblioteca abriga mais de vinte mil volumes sobre literatura, medicina e teologia. Por muito tempo foi considerada o terceiro maior colégio jesuíta do mundo. Seu teto é repleto de afrescos do pintor Jan Hiebl.

Pública de Kansas City

Criada em 1873, a Biblioteca Pública de Kansas City, EUA, tem uma fachada muito original que representa uma estante gigante de 22 livros, cujos títulos são os mais lidos do mundo e foram escolhidos em um concurso público. Entre os principais escritores estão Platão, Shakespeare, Dickens, Tolkien, García Márquez e muitos autores norte-americanos, incluindo Harper Lee. Dentro da biblioteca há grandes espaços para crianças, conferências e mostras dedicadas à história local e nacional.

Trinity College

Fundada em 1712, a Biblioteca Trinity College, em Dublin, fica na mais antiga universidade da Irlanda e abriga a impactante Long Room, uma sala de madeira escura com 65 metros de comprimento. No local estão expostos os duzentos mil livros mais antigos existentes na biblioteca. No total, o conjunto possui quase três milhões de livros, além de alguns tesouros artísticos, incluindo quatorze bustos de mármore e uma harpa irlandesa de carvalho do século 15, símbolo do país.

Mais conteúdo na editoria Arte & Cultura

Publicado no Aeroporto Jornal – março/2017

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS