AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.7 min

PUBLICADO EM

19/10/2020

Neste domingo (18), 91% dos hotéis de 64 redes entrevistadas estavam abertos. Eram 127.593 apartamentos disponíveis para turistas de todo o país. A informação é de um estudo realizado pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) aponta que a oferta nacional de meios de hospedagem se aproxima da normalidade pré-pandemia. O Fórum reúne vinte redes hoteleiras nacionais e internacionais que operam 667 hotéis.

Dentre as cidades com maior índice de operação estão Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC) e Brasília (DF) que apresentam 100% das redes em funcionamento, além de Campinas (SP), com 97,8%; Manaus (AM), 93,4%; São Paulo (SP), 91,6%; e Curitiba (PR), que registrou 90,1%.

A pesquisa também aponta alto índice de reabertura em Vitória (ES), com 88%; Salvador (BA), 84,3%; Belo Horizonte (BH), 84,1%; e Rio de Janeiro (RJ), com 76,5%. Dos estabelecimentos que ainda estão fechados, 45% pretendem reabrir ainda este ano e cerca de 20% deles em outubro.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, vê o resultado do levantamento com otimismo e reforça a importância de uma reabertura segura, seguindo os protocolos sanitários estabelecidos pela Pasta em parceria com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). “Neste ritmo, podemos esperar que a retomada siga com foco na temporada de verão. E, para oferecer um serviço seguro aos turistas e funcionários, os estabelecimentos devem seguir todas as medidas de biossegurança, como as estabelecidas pelo Selo Turismo Responsável do Ministério do Turismo”, ressaltou o ministro.

O Selo

O “Selo Turismo Responsável – Limpo e Seguro” foi lançado em junho passado e disponibilizado pelo Ministério do Turismo. Ele auxilia a retomada de atividades do setor seguindo requisitos de biossegurança. Foram recomendados protocolos sanitários a quinze segmentos que integram o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), além de um conjunto de orientações a visitantes. Atualmente, o certificado já foi emitido por mais de 22,9 mil estabelecimentos turísticos do país.

Fonte: Ministério do Turismo

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS