Vinte e um parques estaduais estão abertos ao público no Paraná mas para visitá-los é preciso fazer um cadastro. Para evitar aglomeração, o horário de visitação nas 21 Unidades de Conservação é das 8h às 17h e a capacidade máxima de público foi reduzida em 50%. As entradas nos parques são pelas portarias oficiais e todos os visitantes devem usar máscaras.

Ainda de acordo com o Instituto Água e Terra (IAT) é proibida a prática de esportes coletivos nas dependências das UCs, bem como a promoção de eventos. Também estão vetados os acampamentos, fogueiras e comercialização de serviços dentro dos parques.

“É importante a atenção e o respeito às medidas de combate a Covid-19 para a segurança de todos. Com o respeito aos protocolos, é possível que as Unidades de Conservação fiquem abertas para que todos possam visitá-las”, afirma o diretor de Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto.

As portarias dos Parques Estaduais devem ter álcool em gel à disposição do público. As administrações devem aumentar a higienização das dependências e medir a temperatura dos visitantes. Turistas com medição de temperatura corporal acima de 37,8ºC terão o acesso negado ao parque.

Os parques

Os Parques Estaduais da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e Serra do Mar ficaram fechados por mais tempo devido à grande procura durante a pandemia e os riscos de focos de incêndios causados pela estiagem.

Foto: Parque Estadual Pico do Marumbi/Arnaldo Alves/ANPR

O Pico Paraná é um dos mais famosos destinos do país para os entusiastas de montanhismo e do turismo de aventura. São permitidas duzentas pessoas simultaneamente nas trilhas.

O Parque Estadual Pico do Marumbi abriga três atrativos: Pico Marumbi, Salto dos Macacos e Morro do Canal. A média de procura, especialmente nos finais de semana, é de cem pessoas no Pico Marumbi e cem pessoas no Salto dos Macacos. Para o acesso às trilhas do Morro do Canal, o acesso deve ser feito pela propriedade particular Morro do Canal.

Já no Parque Estadual Serra da Baitaca, quinhentas pessoas em média procuram a unidade nos finais de semana, após a reabertura no início deste mês. O atrativo mais procurado é o Anhangava, que permite 166 pessoas por dia.

O Parque também abriga o Caminho do Itupava, com capacidade de 314 pessoas por dia para visitação, e o Pão de Loth, com capacidade de 166 pessoas por dia.

Para possibilitar o controle de visitantes, os turistas recebem uma pulseira de identificação que pulseira deve ser colocada em local visível durante todo o tempo de permanência no interior da Unidade de Conservação.

Confira os parques abertos à visitação

Parque Estadual Pico do Marumbi

Parque Estadual do Palmito

Parque Estadual Rio da Onça

Parque Estadual Serra da Baitaca

Parque Estadual do Monge

Parque Estadual de Vila Velha

Parque Estadual do Cerrado

Parque Estadual do Guartelá

Parque Estadual do Lago Azul

Parque Estadual Vila Rica do Espírito Santo

Parque Estadual de Ibicatu

Parque Estadual de São Camilo

Parque Estadual Cabeça do Cachorro

Parque Estadual Rio Guarani

Parque Estadual Pico do Paraná

Parque Estadual Serra da Esperança

Ilha do Mel

Monumento Natural Salto São João

Parque Estadual João Paulo II

Parque Estadual Vitório Piassa

Mais sobre os parques do Paraná, clique aqui.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Foto que abre a matéria: Pico do Paraná/Denis Ferreira Netto/Sedest