AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.8 min

PUBLICADO EM

05/02/2012

Muitas pessoas associam dias quentes e ensolarados do verão a uma bebida bem gelada e refrescante, mas poucos são os que aproveitam um belo vinho num dia assim. Muitos iriam até perguntar: Vinho e calor combinam? A resposta é sim! Combinam e muito!

Muitas pessoas ainda não descobriram o prazer de tomar um vinho rosé bem gelado na companhia de amigos na beira de uma piscina, ou mesmo associar um belo vinho branco leve a uma salada num almoço ao ar livre e mais ainda um espumante para comemorar um dia de trabalho bem sucedido ou uma nova conquista. Existem diversas opções de vinhos que podem ser tão refrescantes como uma boa cerveja e certamente muito mais saudável que ela. Claro um vinho tinto acompanhando uma refeição mais substanciosa também é uma opção fantástica para os dias mais frios e jantares mais formais. Mas vamos voltar aos brancos, rosés e espumantes.

Vinhos brancos podem ser leves com aromas e sabores de frutas brancas (maças verdes, abacaxi, pêssego, bananas etc) e flores e sua acidez um pouco mais pronunciada e a temperatura de serviço mais baixa o tornam uma bebida extremamente refrescante e delicada.

Os rosés por sua vez unem o melhor de dois mundos: a refrescância e leveza dos brancos e os sabores e aromas marcantes dos tintos. Assim temos vinhos que lembram notas de frutas vermelhas frescas (morangos, groselhas, mirtilos, cerejas etc), mas que são sempre refrescantes por sua acidez e temperatura de serviço.

E por fim os vinhos espumantes, que podem ser um Champagne ou mesmo uma deliciosa Cava espanhola ou ainda nossos grandes vinhos brasileiros espumantes. Sempre servido a baixa temperatura os espumantes com sua acidez, sua gaseificação natural e os aromas de frutas brancas frescas os tornam vinhos extremamente agradáveis de serem tomados nos dias quentes. E em todos os outros dias também. Existe uma frase célebre no mundo dos vinhos
que diz: “O Champagne é merecido nas vitórias mas necessário nas derrotas!”

Saúde!

Luis Felipe de Moraes, sommelier

Publicado no Aeroporto Jornal – fevereiro/2012

Foto: Karolina Grabowska/Pixabay

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS