AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.1 min

PUBLICADO EM

05/09/2017

“Foi o melhor que eu pude fazer!”. Geralmente associada ao fracasso e às desculpas esfarrapadas, essa frase – transformada em clichê numa sociedade na qual a perseverança e a verdade nem sempre são valorizadas – toma um significado bastante especial no livro “O Pote Vazio”, da autora e ilustradora norte-americana Demi. Ao “reapresentar” a instigante narrativa de um conto chinês milenar, a obra em questão não divide opiniões, é leitura obrigatória para que os pais façam com seus filhos. E no relato do pequeno Ping e do sábio Imperador não somente as crianças aprendem, há lugar para descobertas de todas as idades.

A narrativa de “O Pote Vazio” tem como pano de fundo um pequeno vilarejo chinês, de tempos imemoriais, no qual ainda reinavam as poderosas dinastias. Porém, em detrimento dos reis e rainhas de outrora, fascinados por poder e ouro, o comandante desse império imaginário tem fascínio por um objeto muito mais singelo: ele adora flores. E é justamente nessa busca por beleza e simplicidade que o Imperador – em meio a um dilema sucessório – lança um desafio às crianças da região e dá início à trama do livro. Quem será capaz de substituir o Imperador? Honestidade e caráter são qualidades fundamentais para que apenas um dentre os inúmeros candidatos conquiste a confiança do patriarca. Porém, como podemos descobrir no (surpreendente) final da história, há muitas pessoas interessadas em ganhar benefícios a qualquer custo; mas bem poucas dispostas a encarar a realidade e agir com franqueza.

Esperança

Atualíssimo para o cenário recente “O Pote Vazio” é um incrível tesouro literário em prol da moral e da verdade desde a infância. Afora os atributos “pedagógicos” da obra, vale ressaltar a beleza das ilustrações, que são de “encher os olhos”, sendo uma ótima oportunidade para conhecer a iconografia chinesa.

Aliás, a ilustradora Demi é famosa – e muito premiada – mundialmente por seus livros infantis, sempre recheados de aventuras e personagens que prometem “fazer a diferença no mundo”. Enfim, a história é mais ou menos essa. Quem topa encarar a jornada de O Pote Vazio certamente sai do passeio um pouco “mais cheio”. Cheio de esperança, de alegria e de ternura. Enxerga que às vezes a honestidade não precisa ser bela e exuberante, ela pode ser apenas um sincero vaso sem flores. Martins Editora. R$ 44,00.

Amanda Chain

www.livrariadochain.com.br

Publicado na Now Boarding – setembro/2017

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS