AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.4 min

PUBLICADO EM

05/02/2016

Ao desembarcar do avião, o desejo de qualquer viajante é sempre o mesmo: pegar a bagagem despachada e correr para seu destino final. Este é o momento em que a tranquilidade da chegada pode ser substituída pelo estresse de ver todos os outros passageiros retirando suas respectivas malas, a esteira esvaziando e nada de seus pertences aparecerem. É mala perdida!

Apesar, de o número de malas extraviadas diminuir a cada ano – dados da Associação Brasileira das Empresas Aéreas mostram que em 2014 a média foi de 7,3 malas perdidas para cada mil passageiros transportados. É importante saber como agir e não perder tempo caso sua bagagem tenha desaparecido. Pensando nisso, a Agarre.com preparou um passo a passo para ajudar os viajantes a lidar com essa situação desagradável da melhor maneira possível.

Passo a passo

Passo 1

É fundamental procurar a companhia aérea e informar o ocorrido o mais rápido possível. O viajante tenha o prazo de sete dias após o desembarque para registrar o extravio da bagagem e as chances de encontrá-la ou de conseguir uma indenização são maiores quando as companhias aéreas são contatadas imediatamente.

Passo 2

]Feita a reclamação, a empresa fornecerá um documento para ser preenchido, o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB). É recomendável contatar também a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para registrar sua queixa. Se quiser manter a reclamação documentada, envie também um e-mail relatando o ocorrido para o SAC da companhia aérea.

Passo 3

As companhias aéreas têm prazos específicos para garantir a devolução de bagagens extraviadas: 30 dias no caso de voos domésticos e, em voos internacionais, 21 dias a partir da data em que a solicitação foi feita pelo viajante.  Se isso não acontecer, a empresa deve pagar um valor equivalente ao da mala perdida e os objetos que estavam dentro dela. Segundo as normas, a indenização é de US$ 20.00 por quilo despachado. É possível ainda exigir uma quantia em dinheiro para eventuais despesas imediatas causadas pelo extravio da mala, como a compra de itens de cuidados pessoais. Quando encontrada, a bagagem é entregue no endereço indicado no documento preenchido no passo 2.

Dicas importantes

– Antes do embarque, tire fotos de sua bagagem aberta e fechada, para facilitar a descrição da mala e relatar os itens que estavam dentro dela;

– Nunca deixe de colocar uma etiqueta com informações como nome, endereço completo e número de telefone tanto na parte externa quanto na parte interna da mala;

– Porém, se o problema com a bagagem, porém, não for extravio, mas furto, além dos passos acima, é fundamental registrar um boletim de ocorrência com dados como o nome da companhia aérea e o número do voo.

Publicado no Aeroporto Jornal – fevereiro/2016

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS