AUTOR

TEMPO DE LEITURA

2.2 min

PUBLICADO EM

22/09/2020

27 entidades do turismo lançam o Guia do Viajante Responsável

A pandemia coloca todos nós em estado de alerta. As bandeiras de atenção na cidade liberam, depois volta a fechar. Os setores produtivos vão se adaptando a esses dias e adotando orientações e regras das autoridades sanitárias. Isso acontece no turismo, onde hotéis, restaurantes e atrativos se preparam, a cada dia, para receber turistas.

Não é só o lado que recebe que deve se preparar. O turista também tem que tomar seus cuidados. Com os dois lados com precauções é possível, sim, passo a passo, sair de casa e viajar.

Para orientar o turista, o Movimento Supera Turismo Brasil lançou o Guia do Viajante Responsável com recomendações de prevenção contra a Covid-19. Formado por entidades representativas dos setores de viagens e turismo, o Movimento promove ações de valorização à importância do setor como um vetor estratégico para a retomada do desenvolvimento econômico sustentável, em meio ao contexto do coronavírus.

O documento instrui os viajantes sobre a importância de planejar a viagem e incluir, preferencialmente, estabelecimentos que tenham o Selo Turismo Responsável, do Ministério do Turismo, além de checar se a agência de viagem ou operadora está cadastrada no órgão regulador. Leia o Guia clicando aqui.

Protocolos

O guia também traz outras orientações como: a utilização de máscara e a atenção em levar um item reserva para a troca durante a viagem; a higienização frequente das mãos e das bagagens; a realização de check-in online para transporte aéreo, hotéis, locadoras, passeios, atrativos e outros, sempre que disponível, e a priorização de bares e restaurantes que usem serviço virtual para visualização do cardápio. Outra indicação é dar preferência a programas ao ar livre e levar copos e canudos próprios para evitar o contágio.

Com cada um pensando no outro, a viagem vai ser realizada em segurança.

E para auxiliar os empreendimentos sobre as medidas recomendadas para a reabertura, o Ministério do Turismo publicou os protocolos sanitários recomendados para quinze segmentos turísticos que fazem parte do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), além de um conjunto de orientações também para os turistas. Clique aqui e conheça os protocolos construídos em parceria com o trade, levando em consideração diretrizes internacionais, e contou com a validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fonte: Ministério do Turismo

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS