AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.5 min

PUBLICADO EM

06/03/2014

Dez Fitas e um Tornado é um romance policial da escritora e jornalista curitibana Teresa Urban. Para fazer um acerto de contas com o passado, José Suçuarana, um preso moribundo movido a morfina, usa o pouco tempo de vida que lhe resta para gravar dez fitas cassete narrando a história de sua vida.

Elas estão endereçadas a Alícia, militante de esquerda durante a ditadura militar, que só permanece viva graças a um pequeno gesto de Suçuarana, na época apenas um soldado do exército.

A trajetória deste personagem – que se confunde com a do próprio Brasil dos últimos cinquenta anos – é o elo principal da obra publicada pela Arte & Letra. A travessia narrada por Suçuarana é dura e de poucas escolhas.

Menino que testemunha o assassinato do pai, adolescente que cresce ao abrigo de um comunista desgarrado, soldado que vira ordenança de um general astuto e adulto que trabalha de motorista para um empresário sem nenhum escrúpulo.

O trilho da indiferença o conduz e a incrível habilidade com números e máquinas lhe dá o poder de manipular o mundo do dinheiro. Dinheiro alheio, de origem obscura que, para ele, é apenas matéria-prima para um jogo fascinante.

Corrupção, tráfico, violência, política e amor são componentes do jogo, que se entrelaçam na vertiginosa narrativa com ritmo de thriller. Lançando mão de uma prosa realista, a autora mostra como a simples alteração da ordem desses componentes no tabuleiro da vida transforma um observador indiferente em protagonista. Com a fúria de um tornado. O livro tem 200 páginas. Preço: R$ 38,00.

www.arteeletra.com.br

Publicado no Aeroporto Jornal – março/2014

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS