AUTOR

TEMPO DE LEITURA

1.6 min

PUBLICADO EM

05/11/2008

Ter uma luxuosa casa de férias e dispor de todos os mimos e serviços equivalentes a um hotel seis estrelas é o sonho de muita gente. Mas os altos custos de aquisição e manutenção deste tipo de imóvel, somado a pouca utilização, torna a mordomia cara. Pensando nisso, a EKO Arquitetura e Construção traz ao Brasil o Itacaré Paradise, na Villas de São José, antiga fazenda de cacau com mais de 1,75 milhão de metros quadrados, que se transformou num complexo residencial hoteleiro com diversos empreendimentos com a opção de casa por fração.

Itacaré fica na Costa do Cacau, litoral Sul da Bahia, a 70 Km do aeroporto de Ilhéus. É o primeiro empreendimento do país a ser comercializado de forma fracionada, cujo modelo já é consagrado na Europa, nos Estados Unidos e também na América Latina.

Só paga o que utiliza

Pelo sistema, a casa é dividida em doze frações, cada uma para um proprietário diferente, que tem o direito de utilizar o empreendimento quatro semanas por ano. Outra vantagem é a associação ao The Registry Collection, marca de luxo do Group RCI, que possibilita aos donos trocar uma ou mais semanas a que têm direito no Itacaré Paradise, por outra propriedade em um dos mais de 120 empreendimentos afiliados em diversos países. Itacaré é o único destino brasileiro a figurar na lista do
jornal The New York Times dos 53 lugares para conhecer em 2008.

“Pretendemos atingir um público que normalmente não investiria na aquisição de um imóvel de férias, pelas altas despesas de manutenção e ocupação apenas em algumas ocasiões. Com o sistema fractional, a relação custo-benefício torna-se mais atraente. O dono paga apenas o equivalente ao que realmente utilizará e ainda pode usufruir do The Registry Collection para conhecer outros destinos”, define Mauro Fabbroni, sócio da EKO.

Publicado no Aeroporto Jornal – novembro/2008

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS