AUTOR

TEMPO DE LEITURA

4.8 min

PUBLICADO EM

05/06/2012

Águas da Serra Golfe Club

O Águas da Serra Golf Club, em Bananeiras, na Paraíba, é o primeiro campo de golfe do Estado e o oitavo do Nordeste. O campo de 9 buracos é um projeto de R$ 4 milhões desenhado por Sebastião Neres, da NGA Golf. Possui par 31 e 4 tees de saída (local da tacada inicial) em cada um dos nove buracos, proporcionando desafios diferenciados aos diversos níveis de jogadores.

Além de Club House com vestiário, bar, varanda e sala de tv, o empreendimento possui também driving range (local para bater bolas e tomar aulas), chipping green (local para treinar tacadas curtas e saída de bancas de areia) e putting green (área de treino das tacadas usadas para embocar a bola). O cartão-postal do campo é o buraco 9, que possui um green em formato de ilha. Todo campo tem irrigação automatizada, grama Celebration nas raias e grama Tifton Dworf nos greens. Bananeiras é uma cidade turística que fica a 141 km da capital João Pessoa. A 5 minutos do campo está localizado o Serra Golf Hotel, instalado num casarão de 1920, restaurado, com 55 apartamentos.

Alphaville Graciosa Clube

O campo do Alphaville Graciosa Clube, em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, foi inaugurado em janeiro de 2001 e planejado para proteger as belezas naturais da região. Com 18 buracos, a estrutura foi planejada pelo norte-americano Dan Blankenship. O arquiteto utilizou as mais avançadas tecnologias para a implantação, tratamento do solo e escolha e plantio dos diferentes tipos de grama do campo.

O horário do atendimento do Golf Starter do Alphaville Graciosa Clube é das 6h40 até 18h. (O campo fecha as segundas para manutenção). Valores para não sócio: de terça a quinta o green fee custa R$ 190,00 para cavalheiros e R$ 70,00 para damas; sexta, sábado e feriados, R$ 260,00 cavalheiros e R$ 90,00 para damas; aos domingos, R$
230,00 cavalheiros e damas R$ 90,00. O Golf cart custa R$ 80,00 e as fichas do driving range 50 bolas: R$10,00.

Biltmore Hotel

O Biltmore Hotel, em Coral Gables, Miami, Estados Unidos, disponibiliza uma Academia de Golfe para meninos e meninas de 5 a 17 anos praticarem o esporte de modo divertido e criativo. Os grupos de alunos são divididos por uma combinação de fatores que incluem idade, maturidade e experiência. Crianças e jovens têm a oportunidade de aprender golfe num campo com mais de 6 mil m² e 18 buracos, desenhado por Donald Ross, em 1925.

Além de práticas relacionadas ao esporte, os alunos melhoram a coordenação, equilíbrio e agilidade. Ao propor uma atividade segura e divertida, a Academia de Golfe ensina os fundamentos, regras e etiqueta do esporte. Estes são os valores: Academy Certified, US$ 35.00 (30 minutos) e US$60.00 (60 minutos); instrução individual, US$ 40.00 (30 minutos) e US$ 70.00 (60 minutos); 2 juniores por 1 hora, US$ 90.00; 3 juniores por 1 hora, US$ 120.00 e 4  juniores por 1 hora, US$ 140.00.

Portugal lança portal com foco em jogadores de golfe

O Turismo de Portugal e o Conselho Nacional da Indústria do Golfe lançaram o primeiro portal de golfe português, o visitportugalgolf.com. Com foco em jogadores de golfe e operadores turísticos de todo o mundo, o site agrega
simultaneamente a função de plataforma de reservas online e de ferramenta de informação. O visitportugalgolf.com é o primeiro portal na qual operadores e turistas terão acesso imediato aos valores e horários disponíveis e às informações técnicas de todos os campos de golfe existentes em Portugal, podendo, ainda, realizar as reservas
e pagamento online. Os interessados podem se informar a respeito de clubes de golfe, dos melhores
cursos em toda Europa, promoções e preços exclusivos, além de todas as atrações turísticas que o destino tem a oferecer.

Hole in one

Fabio S. Sallum, médico e golfista

O objetivo do jogo de golfe é embocar a bola no menor número de tacadas possíveis, em buracos colocados em distâncias variadas. Hole in one é a jogada na qual o golfista acerta a bola no buraco com apenas uma tacada.

Conseguir realizar esta jogada é o sonho de qualquer golfista. Há excelentes jogadores que praticam o golfe durante
muitos anos e nunca conseguiram fazer um hole in one, porque além da técnica e perícia do golfista este deve ter também o elemento sorte a seu favor.

Era um dia como qualquer outro onde eu e um de meus parceiros, Sergio Moura (Billy) começamos um jogo, sempre muito disputado, no Graciosa Country Club, em Curitiba. Dia 5 de agosto de 2011. Chegamos ao buraco 13, o buraco-assinatura do clube, um par 3 com 150 jardas. O céu estava azul, sem nenhuma nuvem. O tee de saída fica bem acima do nível do green. Por isso, após executar a minha tacada todos puderam ver perfeitamente o voo da bola branca contrastando com o céu azul. A bandeira estava no fundo do green e a bola, após chegar voando exatamente em
linha reta, correu suavemente por 10 jardas e caiu dentro do buraco. A euforia tomou conta de todos os que estavam junto comigo. A emoção foi indescritível e muito intensa, o sonho de todo golfista se tornou realidade.

O golfe é um jogo com grandes obstáculos interiores: o que o nosso ego quer fazer, o que nossa mente diz que devemos fazer e o que o nosso nervosismo nos permite fazer.

Conseguir um hole in one é a superação de todos estes obstáculos. Fica indelével na mente de qualquer golfista.

Para sempre.

Publicado no Aeroporto Jornal – junho/2012

Foto: Pexels/Pixabay

 

Compartilhe essa história:

COMENTÁRIOS